da-se!

há dias que correm , outros estagnados. dias sem vontade, de revolta, de realidade. há dias em que a esperança não vêm , em que o cansaço vence e optimismo toma a forma de realidade.

há dia em que parecemos patetas com uma alegria que vem não sei de onde e nos faz esquecer o mundo ingrato e pejado de injustiças em que vivemos. há dias em que conseguimos olhar apenas para o nosso umbigo e conseguir ter alguma satisfação em viver. há dias em que temos a sorte de não encontrar imbecis pela frente, que nos barrem o caminho, ou não nos façam perder tempo. há dias em que temos a sensação de que anda meio mundo a enganar o outro meio e damos graças porque passamos pelos pingos da chuva. há dias em que somos ignorados, outros idolatrados por conveniência. há dias em que o facto de estarmos bem connosco próprios e gostarmos muito de nós intriga quem nos rodeia. há dias  em que olhares nos matam.

há dias de merda!

Anúncios

2 pensamentos sobre “da-se!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s